Prior / Anterior Play / Tocar Pause / Pausar Stop / Parar Next / Próxima
  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • Canal do Youtube
Rádio Ceará Cultural

Essa página é dedicada exclusivamente à história da rádio cearense. Como esse portal é explicitamente cultural, vamos contar a história apenas até a época em que o rádio era cultura no Ceará, deixando de fora as rádios de uma época para os dias de hoje, pelo fato da rádio cearense ter se entregado ao marketing da anti-cultura.

Se você desejar ouvir as músicas do CD "A Era do Rádio Cearense", basta clicar no botão de Pause ou Stop do Player da Rádio (à esquerda no topo), e depois clicar no player de cada música. Depois pode voltar a ouvir a rádio clicando no botão Play da rádio.

Um Mergulho no Rádio Cearense

(Fonte: http://portaldonic.com.br/jornalismo/foca-nessa-um-mergulho-no-radio-cearense/)
Por Isabelli Fernandes

O legado do rádio perpassa a história da capital cearense de diversas maneiras. Ao caminhar pelas ruas da Barra do Ceará, a população e os visitantes da cidade podem chegar a Av. Radialista José Lima Verde. A paisagem vista por quem passa na avenida pode até ofuscar os elementos da cidade e, até, esconder as placas que a indicam, mas, não dispensam a relevância do personagem que deu nome a via. José Lima Verde começou no Ceará Rádio Clube ao lado de João Dummar, iniciativa que marcou a história do rádio na Terra da Luz.
No Ceará, o rádio foi inaugurado oficialmente em 1934, com o Ceará Rádio Clube por João Dummar. O começo no Ceará foi uma felicidade: a rádio trazia vários cantores de sucesso na época, como Francisco Alves, o que mobilizava os ouvintes em Fortaleza.
O Ceará Radio Clube não viveu só de música. A emissora se engajou na política e sofreu com os artifícios da censura. Em um dos episódios foram injustamente proibidos de realizar uma matéria na Assembleia Legislativa, fato que mobilizou a população na intenção de garantir a liberdade de noticiar os acontecimentos, como conta a professora de Comunicação Social, Katia Patrocínio.
Ainda sobre momentos importantes na história do rádio no Estado, a docente destaca: “Um momento que eu considero mágico no rádio é o momento da solidariedade. A história do rádio cearense é muito pautada por ajudar em determinados momentos críticos da nossa história, como em épocas de enchentes ou épocas de seca onde você tem uma campanha pra ajudar quem está passando necessidade.”
A época de ouro do rádio cearense também foi marcada pelas radionovelas, que tinham atores como João Ramos. Amado pelos ouvintes, muitas vezes era seguido por fãs que buscavam autógrafos. Infelizmente não há registro das famosas radionovelas da Ceará Rádio Clube, pois essas relíquias não foram gravadas na época e o que se sabe são relatos dos atores que faziam parte do elenco de ouro.

O Ceará Radio Clube não viveu só de música. A emissora se engajou na política e sofreu com os artifícios da censura. Em um dos episódios foram injustamente proibidos de realizar uma matéria na Assembleia Legislativa, fato que mobilizou a população na intenção de garantir a liberdade de noticiar os acontecimentos, como conta a professora de Comunicação Social, Katia Patrocínio.
Ainda sobre momentos importantes na história do rádio no Estado, a docente destaca: “Um momento que eu considero mágico no rádio é o momento da solidariedade. A história do rádio cearense é muito pautada por ajudar em determinados momentos críticos da nossa história, como em épocas de enchentes ou épocas de seca onde você tem uma campanha pra ajudar quem está passando necessidade.”
A época de ouro do rádio cearense também foi marcada pelas radionovelas, que tinham atores como João Ramos. Amado pelos ouvintes, muitas vezes era seguido por fãs que buscavam autógrafos. Infelizmente não há registro das famosas radionovelas da Ceará Rádio Clube, pois essas relíquias não foram gravadas na época e o que se sabe são relatos dos atores que faziam parte do elenco de ouro.
Há quem afirme que o rádio entrou em decadência por volta dos anos 1950, quando a televisão começou a ser implantada no Brasil, por Assis Chateaubriand. Muitos estudiosos do rádio, como Katia, discordam dessa dita decadência do meio de comunicação: “Bem, como eu gosto muito de rádio, não ouso dizer que em algum momento perdeu público, sempre teve ouvintes. A gente sempre teve pessoas que escutam rádio, até hoje mesmo você tem um público que está se renovando. Quem achava que o rádio tava morrendo, se enganou”.

Quem Fez o Rádio do Ceará - os Pioneiros:

(Fonte das fotos: http://radiouvintes.blogspot.com.br/2012/02/um-pouco-da-historia-do-radio-cearense.html)

Ceará Rádio Clube Os grandes nomes do Rádio cearense, alguns ainda na ativa, assim como os grandes jogadores da históris do futebol brasileiro, começavam suas carreiras em uma rádio e se aposentavam na mesma emissora.

Era uma época de ouro onde tudo contribuia. As músicas compostas por artistas iluminados e interpretadas por verdadeiros artistas com suas vozes divinas. O público que frequentava os auditórios das rádios, e eram fãs de carteirinha da emissora. Era como torcer por um time de futebol. E a audiência que, independente da existência ou não da televisão, nunca deixou de amar o rádio.

Além da produção de músicas de qualidades, intérpretes talentosos e com vozes explêndidas, ainda contribuíram para a época áurea do rádio cearense, as rádios novelas e as apresentações ao público nos auditórios.

A. G. Mello Júnios
Figuras como A. G. Mello Júnior, autor da comédia no rádio, foi o criador do Programa Pensão Paraíso. Além de Mello Júnior, destacam-se ainda:
Albuquerque Pereira
Albuquerque Pereira, que se destacou como radioator, locutor, apresentador, narrador e também com participação no cinema.
Angelina Martinez
Angelina Martinez, foi a vedete que fez muito sucesso nos rádios da cidade de Fortaleza.
Ayla Maria
Ayla Maria e Armando Vasconcelos. Ayla foi uma grande cantora e Armando Vasconcelos teve uma grande participação no rádio cearense, destacando-se também na televisão com o "Programa Armando Vasconcelos".
Augusto Borges
Augusto Borges teve grande participação no rádio e na televisão onde atua até hoje com o Programa "Ontem, Hoje e Sempre" da TVC.
Carlos D´Alge
Carlos D´Alge de origem portuguesa destacou-se como professor e escritor, além de grande participação nos debates do povo na Rádio AM do O POVO na época áurea dos debates.
Claudetes Andrade
Dupla de Sucesso: Claudetes Andrade e Dempshey Leite, também conhecido como "Picolé", sucesso no humor nos anos cinquênta.
Dilu Melo
Dilu Melo, fez grande sucesso com a sua sanfona e várias canções na época, tais como fez "A Cama na Varanda" e o Amor e Sanfona".
Edilmar Norões
Edilmar Norões e João Ramos: Grandes amigos e grandes nomes do rádio cearense.
Emiliano Queiroz
Emiliano Queiroz foi uma das grandes contratações do setor de radiodramaturgia da Rádio Clube nos anos cinquênta.
Escolinha Da Dona Pinóia
Um dos grandes sucessos dos tempos áureos do rádio cearense, foi a "Escolinha da Dona Pinóia", onde ângela Maria era professora e os alunos eram Clóvis Matias, João Ramos, Augusto Borges e José Júlio Barbosa.
Fernanda Quinderá
A atriz Fernanda Quinderé com seus quinze anos em foto da Alba Filme. Hoje é uma consagrada atriz apresentadora de televisão.
Hugo Bianchi
Hugo Bianchi dançou a ópera "GUARANI" na inauguração do Salão do Náutico. No Rio de Janeiro conheceu Eros Volúsia, a grande dançarina que, mais tarde, deu nome à sua Companhia.
Ayla Maria
Presença marcante de Ayla Maria, Irapuan Lima e o grande fã e frequentador de auditório desde a época áurea do rádio, Célio Cury, que merece grandes homenagens por acreditar no que é nosso.
Jofran Coelho
O cantor Jofran Coelho encantava as mulheres da época e proporcionava grandes sonhos. Na foto ele canta para o público do auditório da rádio.
José Auriz Barreira
José Auriz Barreira, fazia parte do Cast de cantores da Ceará Rádio Clube e interpretava tangos e se apresentava com grande elegância.
João Arruda
João Arruda, Jacinto de Thrmes (Colunista Social) e Manuelito Eduardo na sede da Associação dos Diários Associados de Assis Chateubriand.
João Ramos
João Ramos era grande destaque do rádio e da televisão cearense. Se notabilizou como animador de auditório. Grande profissional que era locutor, noticiarista e radioator. Grande talento do rádio cearense.
Keyla Vidigal
Keyla Vidigal, era Rainha dos Auditórios da Ceará Rádio Clube. Era um verdadeiro frisson das platéias em momentos de apresentação.
Maria José Braz
Maria José Bras foi radioatriz e tinha um grande apelo publicitário, quando pronunciava a propaganda da Loja Flama, símbolo de distinção.
Turma do Rádio Cearense
Grandes nomes da época de ouro do rádio cearense: Keyla Vidigal, Barbosa, Nozinho Silva, Miriam Silveira, Ismy Fernandes, Guilherme Neto, João Ramos, Maria José Bras, Laura Santos e Marilena Romero.
Regina Lúcia
Na foto, Regina Lúcia como Rainha da Imprensa, premiada pela Associação Cearense de imprensa. Os personagens são Mozart Soriano Aderaldo, Adísia Sá, João Coelho Cordeiro, Dorian Sampaio, Perboyre Silva, Regina Lúcia, Osmundo Pontes, Temístocles de Castro e Silva e Antônio Girão Barbosa.
Tarcisio Tavares
Este é Tarcísio Tavares, um dos grandes nomes do rádio e da televisão cearense, que também se destacou como publicitário na ocasião aí retratado faz estágio na TV Tupi no Rio de Janeiro.
Trio Nagô
Famoso Trio Nagô, grande sucesso no rádio cearense dos anos cinquênta. Grupo composto por Epaminondas Sousa, Evaldo Gouveia e Mário Alves.
Wilson Machado
Não podemos esquecer de Wilson Machado e seu programa "Fim de Semana na Taba", que premiou a "Moça Mais Bonita do Auditório" com um Abajur lilás.

 

A Era do Rádio Cearense:

A Era do Rádio Cearense O CD "A Era do Rádio Cearense", foi uma iniciativa da Modo Maior Com. Ed. e Projetos Culturais, onde mostra a voz de grandes nomes do rádio cearense como Ayla Maria, Guilherme Neto, Marilena Romero, Otávio Santiago, Salete Dias e Teresinha Silveira.

Direção Musical: Adelson Viana e Leonardo Rocha
Produção Executiva: Olímpio Rocha
Masterização: Renato Pinto
Mixagem: Adelson Viana
Arranjo de Base: Zivaldo Maia
Arte Gráfica: Leonardo Rocha
Edições Euterpe Ltda: Faixa 3
Fermata do Brasil: Faixa 9
Diretor/D.R.: Faixas 6, 8, 12
Irmãos Vitale: Faixas 1, 2, 5, 7, 10, 11
Samba Entertainment & Music Ltda-ADDAF: Faixa 4
Produção Fonográfica: Modo Maior
Gravado no Estúdio Villa - Mar a Nov 2006


Rosa de Maio (Custódio Mesquita / Evaldo Ruy) - Otávio Santiago

Sonoroso (K-Chimbinho / Del Loro) - Ayla Maria
Amendoim Torradinho (Henrique Beltrão) - Marilena Romero
Verdade da Vida (Raul Mascarenhas / Concenssa Lacerda) - Teresinha Silveira

Mentirosa (Custódio Mesquita / Mário Lago) - Guilherme Neto
Teu Olhar me Enfeitiçou (Jacyra Costa) - Salete Dias

O Que Vier Eu Traço (Zé Maria / Avaneide) - Ayla Maria

Única Rima (Silvio Caldas / Orestes Barbosa) - Otávio Santiago
Conversa (Evaldo Gouveia / Jair Amorim) - Marilena Romero
Se Eu Morresse Amanhã de Manhã (Antônio Maria) - Teresinha Silveira

Quero Dizer-te Adeus (Ary Barroso) - Guilherme Neto
Se Eu Pedir Você Faz? (Nair Soares) - Salete Dias